Você já se perguntou quais os sintomas do câncer nos rins?

 

quais os sintomas do câncer nos rins

O câncer de rim representa 3% das doenças malignas que acometem adultos em todo o mundo.

Por não fazer parte do grupo de tumores malignos mais recorrentes, é comum que muitas pessoas não possuam as informações acerca dos sintomas desta doença.

É importante ficar atento para os sinais que o seu corpo dá. Continue lendo para conhecer quais os sintomas do câncer nos rins e em que situações deve-se recorrer ao atendimento de um especialista.

 

Câncer nos Rins

Os rins são dois órgãos do tamanho aproximado à uma mão fechada em formato de feijão, localizados imediatamente abaixo da caixa torácica, um em cada lado da coluna vertebral.

A sua principal função é, entre outras, filtrar o sangue para eliminar substâncias nocivas ao organismo, como amônia, ureia e ácido úrico.

O tipo mais comum do câncer nos rins é o carcinoma de células renais, que representa aproximadamente 90% dos casos e se origina nos rins, podendo se espalhar pelo corpo.

Geralmente, o carcinoma desenvolve-se como um tumor único dentro de um rim, mas pode acontecer também de surgirem dois ou até mais tumores dentro de um ou de ambos os órgãos simultaneamente.
Quando surgem, os sinais e sintomas mais comuns do câncer nos rins e que devem ser tratados com seriedade são:

Hematúria

A hematúria se trata da presença de sangue na urina, resultante do rompimento de vasos sanguíneos no interior da massa tumoral. Ocorre em uma taxa de 40% a 50% dos pacientes diagnosticados.

Dores na região lombar

Como os rins estão situados na parte mais profunda do abdômen, próximo à coluna vertebral, à medida que o tumor cresce, pode exercer pressão contra as raízes nervosas da região lombar. Dores lombares constituem queixas em cerca de até 40% dos casos.

Emagrecimento

Perda de peso é encontrada em um total de 30% dos pacientes diagnosticados com câncer de rim. Infelizmente, costuma estar associada a tumores em níveis mais avançados e a prognósticos menos otimistas.

Você saberia reconhecer quando um câncer é considerado curado? Leia aqui o meu artigo sobre o assunto e entenda mais. 

 

Outros sintomas gerais são:

Existem alguns outros sinais que também estão atrelados ao aparecimento deste tipo de tumor. São eles:

  • Diminuição do apetite
  • Cansaço
  • Palidez
  • Febre ocasional

em caso de doença avançada com envolvimento de outros órgãos, ou seja, quando o tumor começa a se espalhar, os sintomas mais comuns e que você deve ficar atento são:

  • Aumento do volume abdominal, provocado por grandes massas tumorais nos órgãos do abdômen
  • Inchaço das pernas, quando ocorre invasão dos linfonodos
  • Falta de ar e tosse, sintomas frequentes nos casos de disseminação para os pulmões
  • Dores ósseas ou fraturas, associadas a metástases ósseas
  • Dor de cabeça, tontura, visão dupla e perda da força muscular de um dos lados do corpo são sintomas que sugerem comprometimento cerebral.

 

 

A importância de um diagnóstico precoce

Quanto mais cedo o paciente realizar o diagnóstico, mais chances de cura ele possui. O diagnóstico precoce permite ao médico identificar o tumor quando ele está em seus estágios iniciais, localizado ainda dentro dos rins.

Quando o câncer está concentrado apenas em um lugar, o tratamento torna-se mais simples do que em um estágio avançado em que tenha se espalhado para outras partes do corpo.

Agora que você já conhece quais os sintomas de um câncer nos rins, o ideal é prestar atenção aos pequenos sinais que seu corpo possa estar dando e procurar um especialista no momento em que algo chamar a sua atenção.

Felizmente nosso corpo é inteligente e nos dá avisos de que algo pode estar acontecendo.

Lembre-se: manter um estilo de vida equilibrado, com bons hábitos, não fumar e manter um peso saudável, alimentando-se adequadamente, são bons meio de prevenir não somente um possível câncer de rim, mas também outras doenças.

Muitas pesquisas apontam que uma das principais causas do câncer são as dietas inadequadas. Leia aqui sobre um estudo importante acerca da relação entre o consumo de soja e o aparecimento de um tumor maligno. 

 

Dra. Alessandra Morelle